quarta-feira, 18 de maio de 2011

DE PERNAS CRUZADAS (série mulher III)



DE PERNAS CRUZADAS

Seduzo-te com minha insinuação
/Provocante, maliciosa,.../
Induzindo tua visão que me arrebata
Galanteios sem palavras
Sobre minhas pernas cruzadas!

Inebriante sensação me apossa
O teu olhar a me despir
e o desejo de ser desejada
Que logo desperta em frenesi
Penetrando em minhas pernas cruzadas!

Expostas em tua retina
Fantasias que desabrocham
 Com a pressa da adrenalina,
o sangue circulando em tuas veias
Autuando qualquer deslize,
sobre as ligas de minhas meias!

Momentos de entrega, _excitação _
Somente entre olhares - A me despir!
Meus pudores, /agora os de senhora/.
Apressam-se em não me distrair
Então, me despeço,
 descruzo as pernas e vou-me embora.

                                                                                                                    Mônica Pamplona.














Um comentário:

  1. Passando pra reler tua sedução em letras. bjs e boa semana.

    ResponderExcluir