TROVAS


 



TROVANDO.



Amor de verão- história
Ganha grande proporção
Se guardada na memória
Sempre atinge o coração.
 Mônica Pamplona.
03/02/2012



Só de passagem o amor,
Arrebata sentimento
Surgindo como um ator
Expressando seu talento!
Mônica Pamplona.
03/02/2012


Guardo comigo, na mente
Não esqueço tua imagem
Ainda que estando consciente
Pelo amor só de passagem.

Mônica Pamplona.
04/02/2012


Trago as lembranças comigo
De um amor que foi embora
Guardo no peito sofrido
Essa dor que sinto agora..
Mônica Pamplona.
04/12/2012

Juntos,... Coração e mente
Aliciam só tua imagem
Recordação do presente
Somente amor de passagem. 

Mônica Pamplona.
04/02/201



Amar - sem haver lamento
Se faz privar coração
De todos doces momentos,
Duma reconciliação.
04/02/2012
Mônica Pamplona.

  Sempre amando tua imagem
Mesmo longe eu te queria
Sempre vivi sem coragem
De dizer-te o que sentia

11/02/2012
Mônica Pamplona.
 
Dos meus amores que tive
Deixaram cá, sua mensagem
Tanto que aprendi inclusive;
Também amar de passagem.

12/02/2012 
Mônica Pamplona.

 
O amor com sua emoção
Entrou pela porta a muito
Deixou-me...Fiquei no chão!
Tanto desamor gratuito.
12/02/2012 
Mônica Pamplona.

Essa dor que é a saudade
Que machuca, vem toda hora
Instala-se com vontade
Pra não querer ir embora!

27/01/2012
Mônica Pamplona.

  
Cada lágrima rolada
Descreve cada saudade
Traz paixão apaixonada
Escrita pela metade.
27/01/2012
Mônica Pamplona.
 A saudade não tem tempo
Imprevista - não tem hora
Arrebata o sentimento
Logo depois vai embora!

28/01/2012
Mônica Pamplona

 

Ah! Tão bela a mocidade
De luz e fascinação
 Indo-se, fica a saudade
Só feito bela canção.

28/01/2012 
Mônica Pamplona.



Gosto de sentir saudade
Do tempo bom que passou
Chego a sentir de verdade
  Meu regresso que voltou.
28/01/2012 
Mônica Pamplona.

Saudade em mim atropela
Com tanta recordação.
Mas não sou feliz sem ela.
Faz parte do meu brasão.

30/01/2012
Mônica Pamplona.

 Saudade vem - enalteço
Regresso meus bons momentos
A ela eu só agradeço
Meu passado em documentos!
30/01/2012
Mônica Pamplona.
  
Numa saudade te tenho
Nossos momentos exploro
E dessa forma mantenho
As lembranças que eu não choro.


30/01/2012
Mônica Pamplona.


 Saudade que vem e vai...
Trafega na ilusão
Chegando e depois se sai
Ficando só solidão.
31/01/2012
Mônica Pamplona.
Saudade é pedacinho
Da lembrança que ficou
Vem, chega e faz um carinho
Recordando o que passou.
01/02/2012 
Mônica Pamplona.
 
 Descompasso da lembrança
A saudade se alimenta
E chega feito bonança,
 Mas ora vem que atormenta
01/02/2012
Mônica Pamplona.
  

Nas incertezas da vida
Na saudade tropeçamos
Sutil - já vem feito amiga
Se apossa do que pensamos!
03/02/2012
Mônica Pamplona.
  
 Essa ida que atormenta!
Logo se espera a chegada
Tanto a saudade alimenta
Solidão é sua estada.

03/02/2012
Mônica Pamplona.

 

 Saudades, - ah... Sinto sim
Bons momentos que passei
Também do que não vivi,
dos sonhos que não sonhei.

10/02/2012
Mônica Pamplona.


 Felicidade lembrada
A todos faz entreter
 É só saudade saciada
De quem não quer esquecer.

11/02/2012
Mônica Pamplona.

 

 Dois corações trovadores
De saudades incontidas
Expressando seus amores
Numa eterna despedida.

11/02/2012 
Mônica Pamplona.


 Ah, saudade vem e beija-me
Na solidão da partida
Em nome desse amor - deixa-me
Nessa triste despedida.


11/02/2012
Mônica Pamplona.


 A saudade em minha vida
É companheira mais fiel
Nela encontro uma guarida
Em cada solidão cruel!

11/02/2012
Mônica Pamplona.

 

 Passo a passo no passado
Todo o tempo com vontade,
e caminha lado a lado
Instigado na saudade
11/02/2012 
Mônica Pamplona.
 
Sinto aqui o meu passado
Presente a qualquer instante
Vem querendo ser lembrado
Numa saudade constante.

12/02/2012
Mônica Pamplona.

 

 Essa chama que me chama
Pulsa forte em minhas veias
Que chora, delira,...Inflama
Mesmo que assim eu nem queira!

12/02/2012
Mônica Pamplona.



                                                                         


Nenhum comentário:

Postar um comentário